As Eras de Celúria #6 – A Era da Nova Alvorada

Exército montanhoso

“Ele era magro e alto como um pinheiro. Sua sombra mergulhou em minha alma. Eu não conseguia ver seus olhos, apenas um bico circundado por dentes, isso me causou muita angústia. Então ele decidiu gritar. Parecia um mergulhão, porém muito mais agudo. O desespero tomou conta da minha alma e decidi recuar, sem nunca dar as costas. De repente, parou e começou a sussurrar. Devo ter sido paralisado pelo medo, mas quando me dei conta, ele estava ao meu lado. Pôs o bico úmido e pegajoso próximo ao meu ouvido e, acariciando com os dentes, me disse algo. Chorei, pois vislumbrei seu rosto.”

Théus Yziva. “Pesadelos Sussurrados

São seis as eras conhecidas pelos humanos:

  • A Era Livre
  • A Era do Império
  • A Era da Conflagração
  • A Era da Ingratidão
  • A Era da Retidão
  • A Era da Nova Alvorada

Os eventos a seguir, acontecidos durante a Era da Nova Alvorada são rascunhos do pensador platonino Théus Yziva, famoso por contar alguns segredos sobre os Sussurradores em momentos de lucidez. Continuar lendo

Anúncios

As Eras de Celúria #5 – A Era da Retidão

Inquisição

“O brilho de sua armadura ofuscava a existência de Morin e de todos aqueles que ele amava. O orc instintivamente abaixou a cabeça, em obediência, e ouviu em um misto de apreensão e serenidade as palavras do guardião. Atuando como um salvador do espírito inerentemente corrompido dos gobnóides, Morin viria a conhecer a fé verdadeira naquele dia. Mas também a traição.”

– Fili Baldic. “Sobre a Guerra Pela Verdade

São seis as eras conhecidas pelos humanos:

  • A Era Livre
  • A Era do Império
  • A Era da Conflagração
  • A Era da Ingratidão
  • A Era da Retidão
  • A Era da Nova Alvorada

Os eventos da Era da Retidão são descritos pela Igreja Antariana, uma organização hierárquica formada para cultuar o Sumo Altar e perseguir os pagãos. Continuar lendo

As Eras de Celúria #4 – A Era da Ingratidão

Arthas

“Olhou para o jovem e vislumbrou os equívocos do passado. O rosto, o sorriso e os olhos transpareciam a lealdade de alguém que ele havia traído. Toda a aflição que afundou seu coração veio à tona. Arthas entregou seu próprio sangue para afirmar sua redenção.”

– A Sagrada Vida de Antares. “A Traição Pagã

São seis as eras conhecidas pelos humanos:

  • A Era Livre
  • A Era do Império
  • A Era da Conflagração
  • A Era da Ingratidão
  • A Era da Retidão
  • A Era da Nova Alvorada

A seguir, um resumo utilizado pelos Filis da Igreja Antariana de Torlosa, para a educação de jovens antarianos. Continuar lendo

As Eras de Celúria #3 – A Era da Conflagração

Seguidores de Antares

“Eu vi o céu, as nuvens negras, vi a chuva, percorrendo as rochas, e sonhei com Sumo Altar. Eu vi Arthas e meu coração afundou em pesar. O aço da espada do gigante era frio como seus olhos naquele momento. Mas eu senti calor. O calor do Criador.”

– A Sagrada Vida de Antares. “O Filho do Criador

São seis as eras conhecidas pelos humanos:

  • A Era Livre
  • A Era do Império
  • A Era da Conflagração
  • A Era da Ingratidão
  • A Era da Retidão
  • A Era da Nova Alvorada

A seguir, há um compilado de rascunhos diversos, escritos pelo Fili Gulliver para serem usados como texto doutrinador. Continuar lendo

As Eras de Celúria #2 – A Era do Império

1907860_1481079715445965_3534558987562196324_n

“Nas mãos de gigantes estavam tecidos os fiapos de salvação que Skagh buscava agarrar. Humilhou-se perante Aleus, curvando suas magníficas escamas vermelhas que exibiam o rubor causado pelo mais doloroso ato que um dragão poderia realizar: obedecer.”

– A Sagrada Vida de Antares. “As Três Coroas Pagãs

São seis as eras conhecidas pelos humanos:

  • A Era Livre
  • A Era do Império
  • A Era da Conflagração
  • A Era da Ingratidão
  • A Era da Retidão
  • A Era da Nova Alvorada

A seguir, um pequeno trecho de um resumo feito pelo historiador platonino Balthus de Acácia sobre a Era do Império em suas anotações sobre o livro “A Sagrada Vida de Antares“.

Continuar lendo

As Eras de Celúria #1 – A Era Livre

458746_720687031342938_5948408062324250872_o

“Serenas eram suas vontades enquanto eu testemunhava através de sua imensidão o amplo vale verdejante. Límpidos corriam os riachos, carregando o fragrante das folhas destacadas dos galhos acima. Criaturas corriam sem destino. Elas não conheciam seu início ou seu fim. Elas apenas existiam.”

– A Sagrada Vida de Antares. “O Vale Onde O Criador Não Existia Mas Zelava

Não se sabe ao certo quanto tempo cada era durou e nem muito do que aconteceu nelas, pois os homens tem apenas 3 fontes históricas: os compilados que fazem parte do livro “A Sagrada Vida de Antares“, as “Cenas de Celures” e os “Lamentos de Arthas“. Muitas vezes essas fontes são conflitantes e os humanos preferem acreditar em Antares, o guardião luminoso de sua religião principal, o Sumo Altar.

São seis as eras conhecidas pelos humanos:

  • A Era Livre
  • A Era do Império
  • A Era da Conflagração
  • A Era da Ingratidão
  • A Era da Retidão
  • A Era da Nova Alvorada

Aqui há um pequeno trecho de um resumo feito pelo Patri Constancio I sobre a Era Livre em suas anotações sobre o livro “A Sagrada Vida de Antares“.

Continuar lendo